Região

Estância de Morungaba: começam obras de 100 casas populares

As obras, que fazem parte do Programa “Minha Casa Minha Vida", são realizadas no Brumado II. Outra iniciativa da Prefeitura é a regularização de áreas por intermédio do Programa "Cidade Legal".

<b>Rodrigo Marques - Divulgação/Prefeitura</b> Área das obras do novo conjunto de casas populares
Rodrigo Marques - Divulgação/Prefeitura Área das obras do novo conjunto de casas populares
Por O Morungaba - Assessoria de Imprensa da Prefeitura
Publicado em 10/02/2018

As obras de implantação da primeira etapa do programa "Minha Casa Minha Vida", na Estância de Morungaba foram iniciadas nesta sexta-feira (9/2). De acordo com as informações da Construtora Faleiros, a previsão de conclusão é de até 18 meses.

As obras localizadas na área do Brumado II serão executadas em duas etapas. Na primeira fase, terá um investimento do Ministério das Cidades de R$ 10 milhões e serão entregues 100 unidades por meio do programa Minha Casa Minha Vida, em parceria com a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano).

“Esta é uma grande conquista para a cidade, um plano que está sendo colocado em prática devido ao empenho de toda a equipe da Prefeitura. Em breve serão divulgados à população os critérios de como participar da primeira etapa que contemplou o município com estas 100 casas”, explica o prefeito de Morungaba, Marquinho Oliveira.

O prefeito Marquinho visitou as obras acompanhado do vice-prefeito Luis Fernando Miguel, do presidente da Câmara Municipal, Júlio Cesar de Moraes, dos vereadores Antonio Ricardo Pellisson de Oliveira e Antonio Salvador Marques, e do deputado estadual Edmir Chedid, além dos engenheiros da Construtora Faleiros, responsável pela construção, Vanderlino Neto e Nicanor Nogueira, segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura.

A etapa seguinte será divulgada posteriomente.

Estância de Morungaba busca regularização fundiária

O prefeito da Estância de Morungaba, Marquinho Oliveira, e a diretora de Meio Ambiente e Agricultura, Clara Geromel, estiveram terça-feira (8/2) na Secretaria da Habitação do Estado de São Paulo, na capital, para se reunirem com os técnicos do Programa Cidade Legal.

“Tratamos da finalização do processo de regularização do bairro Brumado. Este programa consiste em regularizar o bairro para que todos os moradores possam ter suas escrituras em mãos, já que aguardam ansiosos por este momento há mais de 30 anos”, comentou o prefeito.

O objetivo é implementar, agilizar e desburocratizar as ações e os processos de regularizações fundiárias de núcleos habitacionais.

Por meio do programa, a Secretaria de Estado da Habitação, num Convênio de Cooperação Técnica, oferece orientação e apoio às prefeituras para a regularização de parcelamentos do solo e de núcleos habitacionais, públicos ou privados, para fins residenciais, localizados em área urbana ou de expansão urbana.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, o “Cidade Legal” tem regularizado núcleos habitacionais e beneficiado milhares de famílias em mais de 400 municípios conveniados ao programa.