Região

Estância de Morungaba fará 100 casas populares

Prefeitura da Estância de Morungaba oficializa convênio para a construção de 100 casas populares. “E já estamos buscando articulações para aconteça a oficialização de mais 104 unidades”, disse o prefeito Marquinho de Oliveira.

<b>Rodrigo Marques / Divulgação Prefeitura</b> Marquinho Oliveira,  acompanhado do presidente da Câmara Municipal, vereador Júlio César de Moraes (DEM), e dos vereadores Antônio Salvador Marques (PTB); Luis Carlos de Lima (PRB), Antônio Ricardo Pellisson de Oliveira (DEM) e Tiago Laranjeira (PC do  B)
Rodrigo Marques / Divulgação Prefeitura Marquinho Oliveira, acompanhado do presidente da Câmara Municipal, vereador Júlio César de Moraes (DEM), e dos vereadores Antônio Salvador Marques (PTB); Luis Carlos de Lima (PRB), Antônio Ricardo Pellisson de Oliveira (DEM) e Tiago Laranjeira (PC do B)
Por O Morungaba - Assessoria de Imprensa da Prefeitura
Publicado em 31/01/2018

O prefeito da Estância de Morungaba, Marquinho de Oliveira, esteve com o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, e com o secretário de Estado da Habitação, Rodrigo Garcia, no Palácio dos Bandeirantes, para a assinatura do convênio da construção de 100 casas do programa Minha Casa Minha Vida em parceria com a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano).

Das 86 cidades que participaram do chamamento, apenas 34 foram selecionadas, dentre as quais Morungaba. De acordo com o prefeito Marquinho de Oliveira, esta seleção se deu graças ao grande empenho da gestão em relação aos trâmites de toda a documentação necessária em tempo hábil. Serão 2.485 moradias construídas em 34 municípios, dois dos quais terão o início de suas obras em curto prazo, sendo um deles Morungaba.

“Não há nada mais importante do que proporcionar a essas famílias o acesso à segurança do teto e com valor menor do que o aluguel de R$ 80 a R$ 240 de prestação para ser dono da casa”, disse Alckmin.

Também participaram da cerimônia de assinatura: o presidente da Câmara Municipal de Morungaba, vereador Júlio César de Moraes (DEM), e os vereadores Antônio Salvador Marques (PTB); Luis Carlos de Lima (PRB), Antônio Ricardo Pellisson de Oliveira (DEM) e Tiago Laranjeira (PC do B).

Segundo o prefeito Marquinho de Oliveira, ainda no início de fevereiro será assinado o contrato para a construção com a Caixa Econômica Federal. “É um sonho da população sendo realizado. Agradecemos o apoio de nossos vereadores e de toda a equipe da Prefeitura que trabalha com empenho para que, juntos, consigamos realizar o que nos propusemos. Parabéns ao povo de Morungaba por esta conquista”, disse o prefeito durante a assinatura.

Ainda segundo o prefeito morungabense, em breve serão divulgados às famílias os critérios de como participar da primeira etapa que contemplou o município com estas 100 casas. “E já estamos buscando articulações para aconteça a oficialização de mais 104 unidades”, comenta o prefeito Marquinho de Oliveira, segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura.