Região

Objetos furtados são devolvidos em Morungaba (Ainda bem!)

Os objetos foram devolvidos no balcão do Fundo Social de Solidariedade, da Estância de Morungaba, no final do expediente da sexta-feira (19/1).

<b>Reprodução</b> Devolvidos
Reprodução Devolvidos
Por O Morungaba - Assessoria de Imprensa da Prefeitura
Publicado em 22/01/2018

Objetos furtados de posto de saúde são devolvidos à Prefeitura de Morungaba

Homens não identificados devolveram, nesta sexta-feira (19/1), objetos furtados da Unidade Básica de Saúde “Amélia Stranieri Frare”, localizada no Jardim Amélia, em Morungaba, na última quarta-feira (17/1).

No final do expediente na sede do Fundo Social, quando o prédio estava sendo fechado, os homens colocaram os objetos no balcão e saíram rapidamente sem serem identificados.

Haviam sido furtados dois monitores de computador, uma televisão de 42 polegadas e um microondas. E foram todos devolvidos no balcão do Fundo Social.

NOTÍCIA DA INVASÃO

Assaltantes invadem posto de saúde em Morungaba

A Unidade Básica de Saúde “Amélia Stranieri Frare”, localizada no Jardim Amélia, na Estância de Morungaba, foi invadida e furtada entre a noite desta terça (16/1) e a manhã desta quarta-feira (17/1).

Segundo a coordenadora da unidade de saúde, Maria Aparecida Claro, os funcionários perceberam o que havia ocorrido logo quando chegaram para trabalhar, por volta de seis horas da manhã, e constataram que foram roubados três computadores, uma televisão de 42 polegadas e um microondas.

O posto de saúde foi inaugurado há três anos e nunca havia sido assaltado. É um dos três postos da cidade e atende por dia em média 150 moradores do Jardim Amélia e dos bairros do entorno.

“A saúde pública já tem inúmeras dificuldades em termos de recursos para manter a qualidade no atendimento e a maioria da população depende diariamente destes serviços públicos gratuitos oferecidos pelas equipes da prefeitura”, comentou o prefeito Marquinho Oliveira.

A prefeitura disponibilizou um veículo para que os pacientes que seriam atendidos no local sejam levados ao posto do centro, para onde foram transferidas as consultas e os exames. Ainda não há previsão de retorno às atividades até que seja feita a perícia pela Polícia Civil, segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura.

 

Reprodução - Unidade de saúde foi assaltada